Línguas internacionais

Entenda o que são línguas internacionais e seu uso.
O termo “língua internacional” significa, de acordo com o senso comum, a língua pela qual pessoas de diferentes países e nações usam entre si para se comunicar. Seguindo este ponto de vista, há várias línguas internacionais, que são utilizadas em diferentes continentes. Se você tem vontade de aprender outros idiomas conte com a Preply.com que oferece aulas online de diversos idiomas como francês, italiano, japonês, português, inglês, espanhol, entre outros, via Skype, com professores nativos de diferentes nacionalidades e com horários que se adaptam a você.

Esperanto como língua internacional

O termo língua internacional é também usado para descrever as línguas planejadas, como o Esperanto, por exemplo, que são línguas criadas especificamente para facilitar a comunicação entre as nações, também conhecidas pelo termo línguas auxiliares internacionais. As pessoas que usam as línguas planejadas não recebem apoio algum de outras nações ou estados, fato que diverge totalmente das línguas mundialmente difundidas como o inglês, francês e espanhol.

Conheça a relação da língua ao longo da história

A exploração econômica, as subjugações políticas e militares, assim como a conquista de territórios, dão origem à dominação linguística. Para impor sua cultura mundo afora, a Europa usou fortemente este fator como forma de europeizar outros países. Antigamente as línguas originárias da Europa eram faladas apenas por alguns milhões de pessoas e apenas na Europa. Hoje, após diversas invasões, opressões culturais e sociais, imposições e muita crueldade, a atual posição do inglês, espanhol, português e francês revela o sucesso, do ponto de vista europeu, claro, que foi conquistado com a imposição linguística. Em nenhum momento foi considerado o fato de que as outras línguas também possuem características, valores e direitos inerentes e que não deveriam ser deixados de lado por conta de uma visão unilateral que obviamente só beneficiou a cultura dominante. Aliado a isso, os EUA juntamente com os britânicos criaram uma ampla estrutura educacional para difundir o inglês em vários países do mundo. Nos tempos atuais não é difícil perceber a forte influência da língua inglesa em várias partes do mundo, seja na música, filmes ou na moda.

Principais críticas ao inglês como língua internacional

Estudos revelam que as razões pelas quais o inglês é considerado como a melhor língua para ser utilizada mundialmente se embasam em antigos argumentos que têm suas origens datadas desde o século dezenove, o que poderia se tratar de um pensamento ultrapassado.
Nadando contra a corrente, os estados que não aceitam o inglês como idioma fundamental e internacional são denominados “chauvinistas” e ditos sofredores do “orgulho nacionalista arcaico”. O pensamento motivador parece ser o de que se o inglês conseguiu se firmar nos EUA e na Grã-Bretanha, logo o mesmo poderia ser feito em toda a Europa, assim como em todos os outros continentes.